READING

A mudança deveria ser o seu status quo

A mudança deveria ser o seu status quo

Eu descobri o Personal Branding porque eu queria resolver o meu problema.

Muitos de nós, dedicamos toda a nossa energia e a maior parte do nosso tempo gerindo nossas próprias empresas ou executando diferentes funções em nossas carreiras.

Aconteceu e acontece a todo o momento, nós vivemos intensamente e com paixão aquele determinado projeto. É claro, queremos ser bem sucedidos e para isso, é preciso SIM dedicar energia e paixão e fazer com que o outro seja bem sucedido, seja o outro o nosso chefe ou nossos clientes.

O grande porém aqui é que vivemos para a empresa, mas esquecemos de viver para nós mesmos. Em nossa lógica, o trabalho que executamos ou o cargo em que estamos é o fim e não o meio. Aquele é o cargo dos sonhos. Aquele é o meu negócio de sucesso.

O que não prevemos é que o cenário pode mudar. Podemos ser demitidos ou o negócio pode falhar. Ou podemos mudar de carreira e abrir um novo negócio.
O que acontece então com a nossa imagem e a nossa identidade? Sempre apoiada em nosso status e títulos atuais?

O que acontece é que você passará por uma crise ao ter que começar tudo de novo, a mudança será dolorosa porque do seu ponto de vista você jogou tudo fora, seu status, seu networking, suas habilidades já que aquela empresa ou cargo era o seu objetivo final ideal.

Quantos ao mudarem de carreira ou serem demitidos passam por momentos difíceis ao acharem que não sao mais valorizados pois, já não possuem mais o status dos seus títulos anteriores? Se veem em um beco sem saída pois acreditam que não tem nenhuma bagagem para começar algo novo?

Isso acontece porque esquecemos de viver nós mesmos. Esquecemos de valorizar nossas forças e nossas habilidades como nós mesmos, despidos do status atual. O nosso trabalho ou negócio próprio deveria ser visto como uma jornada, uma ferramenta para alcançarmos o nosso propósito, nossos objetivos.

Pode ser que você fique a vida inteira em um mesmo negócio, mas você o fará porque faz parte da sua estratégia para você atingir o seu propósito de vida ou a sua missão. Sendo assim, mesmo que obstáculos surjam ou que cenários mudem, você se adaptará com mais facilidade pois terá clareza do que está por trás de tudo aquilo.

Na maior parte dos casos, entretanto, essa não será a realidade. Em um mercado cada vez mais fluido e dinâmico, nós iremos passar por 10, 20, 30 projetos, cargos, funções diferentes em toda a nossa vida. E por isso, o seu pilar deve ser você mesmo, a sua reputação, ou seja, a sua MARCA PESSOAL.

Personal Branding é um novo conceito e uma nova realidade desse novo mercado.

Leia também: O que é Personal Branding x Marketing Pessoal 

Com tantas mudanças e informações você precisa ser memorável para atrair novas oportunidades. Nós fazemos negócios com pessoas. E você precisa ser lembrado não mais pelo seu título, cargo ou pelo que você faz e sim pelo que você oferece, de que forma pode colaborar e pela experiência que promove para o outro. Mais importante, você tem que carregar sua identidade e usar sua bagagem para o seu próximo passo nessa jornada.
Mudanças, alterações de trajetória e fracassos não deveriam ser tão dolorosos. Tudo faz parte da sua jornada como o CEO de si mesmo.


RELATED POST

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *