Conheça a
minha história

Quem sou eu?

Olá! Meu nome é JULIANA SALDANHA.

Eu pesquiso e aplico na prática temas relacionado a Autenticidade e Marcas Pessoais.

Sou nômade digital, sempre em movimento. Divido o meu tempo entre a gestão da minha equipe, produção dos conteúdos online, pesquisas relacionadas à espiritualidade, projetos interessantes e momentos para exercer a intuição.

Minha visão de mundo é bem clara: um lugar onde cada um pode viver sem hesitar de forma autêntica, expressando a sua verdade e criando a sua “arte”!

Pra chegar até lá, são vários os desafios. E todos os projetos que me envolvo existem pra contribuir para fortalecer essa realidade.

Minha
experiência?

Desde o início da minha carreira estive envolvida com estratégias de comunicação e relacionamento. Iniciei no meio de inovação e startups. Entre as minhas experiências está a co-criação de uma startup de economia compartilhada e de uma aceleradora de startups em Belo Horizonte – isso lá em 2013 – e a expansão de uma empresa de tecnologia de BH para Londres.

Como cheguei
até aqui?

Quem me conhece, acompanhou a minha jornada de transição para o mundo das marcas pessoais. Eu quis resolver um desafio meu na época.

Depois de sair da minha empresa eu me vi sem identidade. Sem credibilidade. O que afetava a minha autoconfiança e a forma como eu me comunicava.

Faltava clareza de quem eu era e de qual era o meu valor pra além de um título pomposo ou de cargo legal.

Acessei então todos os recursos disponíveis na época e apliquei na prática o que aprendi, primeiro para mim. E isso naturalmente se tornou um plano estruturado. Com a clareza da minha marca pessoal, fui cada vez mais procurada e lembrada para apoiar outras pessoas nesse mesmo desafio.

O que eu
ofereço hoje?

Nos últimos anos, estive em palcos de grandes eventos falando para centenas de pessoas como Estrategista em Marcas Pessoais. Rodei o país organizando e ministrando dezenas de workshops presenciais. Construí planos de marca para empreendedores, artistas e executivos. Ministrei palestras online e presenciais em Londres. Dei entrevistas para grandes mídias online e offline. Ministrei workshops para grandes empresas no Brasil. Lancei com sucesso o meu curso online. Morei em vários lugares no mundo, trabalhando de forma remota.

Eu cheguei ao reconhecimento pelo que fazia. Meu negócio se solidificava e minha visibilidade aumentava. As expectativas pra coisas maiores e a maior visibilidade eram esperados por todos que me acompanhavam online.

62327502_2593908713966704_3411943619332931584_o
A importância
disso?

Até que um dia eu parei.

O que eu construí não era mais suficiente pra mim. Eu não conseguia mais esconder que algo não estava no lugar. E vez ou outra eu me pegava chorando na mesa de trabalho no meu escritório na Paulista.

Existia algo mais forte do que eu, e que queria me levar para uma outra direção. Depois de uma ligação para um amigo eu confirmei o que eu já desconfiava – eu estava recebendo um Chamado. E sem saber direção, sentido e como atendê-lo eu saí – impulsiva e destrambelhada também- atrás dele.

Foram 2 anos intensos de uma “busca espiritual”. A minha vida virou de cabeça pra baixo e eu abri mão de tudo: relacionamento, rotina de trabalho, visibilidade e status para explorar esse desconhecido. A intuição me levou duas vezes à Tailândia. E na última dessas viagens, passei 7 meses vivendo uma realidade paralela e descobrindo que existe muito mais do que apenas a busca pelo reconhecimento profissional e sucesso material.

Foi lá que eu entrei em contato – pela primeira vez nas últimas décadas – com a minha verdade. E eu pude finalmente me ver no espelho de forma autêntica, sem máscaras e sem reputação. Apenas o meu ser mais autêntico.

Essa é uma longa história – que um dia compartilho em um livro – e que chocou o meu sistema interno. Agora, de volta ao mundo ocidental, ao encontrar um balanço melhor entre a mente e o espírito (e que não é perfeito – e longe disso), aplico o que eu aprendi nos meus conteúdos e projetos.

Tudo tem uma assinatura única nesse nosso universo. E eu acho um desperdício de vida a gente não expressar a nossa verdade e criar uma vida baseada nela.

Por que não aplicar essa mesma lógica para a sua marca pessoal?
Facilite a escolha por você.
Você não é apenas o que você faz hoje.

Juliana Saldanha

Para os mais formais?

Sou formada na UFMG em Farmácia, possuo um MBA em Comunicação e MKT Digital na FGV. (mas não uso nada disso atualmente). Aprendo tudo na prática e como autodidata.

O que eu recomendo antes de trabalhar comigo, é ler o que eu escrevo, assistir o que eu falo e, assim, entender qual é a minha forma de pensar, ver a vida e o que eu tenho a contribuir.

Onde eu fico? Sou mineira. Atualmente estou em Montenegro, na Europa. Mas isso varia de tempos em tempos.

No que eu acredito?

Na autorresponsabilidade, na coerência entre ações e discursos, nas relações fluidas, na comunicação com sentido, na simplicidade, na intuição e no poder da nossa energia pessoal.

Branding pessoal Juliana Saldanha

Preparado para ter uma marca única e relevante no mercado?

Toda semana conteúdo Legal na minha news